• Busca

  • Caatinga: Um bioma ameaçado

  • A caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro, e não encontrado em nenhuma outra parte do mundo. Abrange os estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. Com Flora e Fauna riquíssimas, vem sofrendo com as queimadas ilegais e o tráfico de animais silvestres. Ele ocupa uma área de cerca de 850.000 km², o equivalente a cerca de 10% do território nacional. Com o intuito de fiscalizar e revitalizar esse bioma tipicamente brasileiro, o governo de Pernambuco por intermédio da sua assessoria de imprensa, divulgou a criação de: 71 áreas de preservação da caatinga.

    O Comitê Executivo de Gestão de Unidades Ambientais fará  o diagnóstico e  mapeamento das áreas que irão receber as instalações. Será criado também um órgão que irá fiscalizar e identifica as diferentes realidades e atividades permitidas para cada área de proteção – como visitações turísticas e fins científicos de pesquisas. Pelo decreto, ficam previstas a criação das cinco primeiras unidades de preservação no Bioma da Caatinga e a sistematização das intervenções do Poder Público nas 66 unidades da Mata Atlântica já reconhecidas em Pernambuco. Os novos espaços de preservação da Caatinga ficam em Carnaíba (Serra da Matinha), Afrânio, Parnamirim, São Caetano (Pedra do Cachorro) e Serra Talhada (Fazenda Saco). Pelo decreto, ficam previstas a criação das cinco primeiras unidades de preservação no Bioma da Caatinga, esclarece a  nota enviada á imprensa.

    Estatísticas

    - A vegetação da caatinga se adapta às condições de aridez (xerófila). Possui cerca de 1000 espécies, estimando-se que haja um total de 2000 a 3000 plantas.

    - Cerca de 930 espécies vegetais são encontradas somente na caatinga baiana, sendo 320 exclusivas.

    - Possui um total de 876 espécies de animais vertebrados, entre eles: cutiagambápreáveado-catingueirotatu-peba.

    - 70% da caatinga já se encontra alterada pelo homem.

    - Bahia e Ceará foram os Estados que mais destruíram a vegetação nativa – juntos, foram responsáveis por 8.659 km² de área devastada.

    Ana Karla da Silva Martins

    facebooktwitter

    Ex-autora do Diário do Verde, criadora da Coluna Eco Insight. A Ana foi a primeira pessoa a contribuir diretamente no blog, depois do seu idealizador, ainda na época do Blogger. Primeiro artigo: Último artigo:


  •  

  • Compartilhe:

  •  

  • Leia também:

  •  

Deixe uma resposta